Por onde andou o investimento publicitário em Abril

Por a 22 de Maio de 2020

eurosCom um investimento na ordem dos 46,7 milhões de euros, valor a preços de tabela, a NOS foi o maior anunciante do mercado português durante o mês de Abril. Havas Worldwide e Arena Media lideraram, segundo os rankings MediaMonitor, o investimento movimentado por agências criativas e de meios no último mês.

A operadora de telecomunicações liderou entre entre os anunciantes, sucedendo a outra marca do mesmo sector já que o maior anunciante português no último mês do primeiro trimestre foi a Altice, que em Abril ficou pela sétima posição com um investimento a rondar os 16,2 milhões de euros. A segunda posição voltou a ser ocupada pela European Home Shopping, que terá investido, a preços de tabela, uma verba na ordem dos 32,9 milhões de euros. A Unilever-Fima volta a encerrar o pódio com um investimento de 32,3 milhões de euros no último mês. Viva Melhor Sempre e Ediclube completam o top 5 com investimentos na ordem dos 30,7 e 19,3 milhões de euros, respectivamente.

Entre as agências de meios, a liderança em Abril pertenceu à Arena Media, agência de meios do grupo Havas que, segundo dados MediaMonitor, a preços de tabela, movimentou maior volume de investimento publicitário, tendo sido responsável por 85,4 milhões de euros. A segunda posição foi ocupada pela Initiative, com um investimento a rondar os 62,1 milhões de euros, seguida pela Starcom Mediavest, com 44,4 milhões de euros. O top 5 fica completo com a Mindshare (44,1 milhões de euros) e Wavemaker (32,4 milhões de euros). A OMD, que ocupava a primeira posição em Março, surge no sexto lugar em Abril, com 28,9 milhões de euros movimentados.

A Havas Worldwide Lisboa mantém-se na dianteira do ranking das agências criativas com um investimento a rondar os 62,9 milhões de euros, a preços de tabela. Nos lugares seguintes surgem a Fuel (36,1 milhões), a Partners (29,6 milhões), a Santa Fé Orange (20 milhões) e a VMLY&R (19,8 milhões).

No acumulado dos primeiros quatro meses de 2020, as lideranças do investimento publicitário continuam, tal como no fecho do primeiro trimestre, nas mãos da Altice (122,6 milhões de euros), Havas Worldwide (262,4 milhões) e Carat (364,5 milhões). Mantêm-se, assim, inalteradas as lideranças, respectivamente, dos rankings dos anunciantes, agências criativas e agências de meios.

Deixe aqui o seu comentário