Cravo ou Crava?

Por a 23 de Abril de 2020
cravos

Não!

Não vou falar do evento lançado por Ferro Rodrigues.

Não sei se mete cocktail e croquete.

Não sei se é seguro e se vai obedecer aos guidelines de segurança da Drª Graça Freitas.

Só digo que sou contra.

E não é deste evento em particular.

António Lobato Mello

António Lobato Mello

Já há alguns anos que vejo as comemorações do dia da LIBERDADE, como algo caduco e desfazado dos dias de hoje.

E a continuar por este caminho, o distanciamento entre os portugueses e a bonita data tenderá a aumentar.

Este ano, por todas as razões e mais alguma, saber como comemorar ou marcar a data histórica, tornou-se uma questão ainda mais sensível e melindrosa, pois do nada e sem ninguém contar com isso, surgiu um convidado, ou melhor, um “crava” de nome Covid-19, que adora festas e eventos, e que veio limitar a nossa LIBERDADE e a nossa rica vidinha. E de que maneira.

Como sou publicitário e acho que a comunicação deve ser adequada em tom e forma a este filme sinistro que estamos todos a viver, e que promete ser série de sucesso na Netflix com 138 temporadas, decidi publicar este post no Facebook tentando provocar criativos a ter novas ideias para a comemoração do 25/4.
post lobatoO post não deu muito nas vistas, mas na minha lista de amigos FB, houve quem sugerisse que eu desse “corda aos sapatos” e apresentasse uma IDEIA minha.

 

E assim fiz.

Rompi o isolamento. Meti-me no carro e fui discretamente a Lisboa fotografar a Casa da Democracia.

E desta vez, e pela primeira, os cravos brancos farão companhia aos cravos vermelhos revolucionários do costume, e reclamarão a Paz, para os tempos incertos que temos todos pela frente.

Este branco não quer dizer RENDIÇÃO.

Quer dizer UNIDOS VENCEREMOS.

Ouviste CRAVA ?

 

*Por António Lobato Mello, publicitário

Deixe aqui o seu comentário