Hotelaria portuguesa aponta para quebras de 500 a 800 milhões

Por a 12 de Março de 2020

lisboa-2872396_960_720A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) prevê perdas de receitas turísticas entre os 500 e 800 milhões de euros, entre 1 de Março e 30 de Junho de 2020.

Segundo a Lusa, estes números resultam de um inquérito que fez junto dos seus associados, entre os dias 3 e 9 de Março, para saber qual o impacto que o covid-19 está a ter na hotelaria nacional.

Num cenário mais positivo, com perdas de 30 por cento das receitas internacionais na hotelaria, as perdas estimadas, nestes quatro meses, são de 500 milhões de euros. Já num cenário de queda de 50 por cento nas receitas internacionais, as perdas poderão ser de 800 milhões de euros, no mesmo período.

Este é um dos primeiros indicadores conhecidos sobre o possível impacto do surto do novo coronavírus na economia nacional.

Deixe aqui o seu comentário