Covid-19: Vendas nos super e hipermercados cresceram 65 por cento

Por a 30 de Março de 2020

supermercadoAs vendas nos super e hipermercados aumentaram 65 por cento em termos homólogos no período de 9 a 15 de Março, avançou a Nielsen, apontando que os portugueses começaram a preparar a despensa para fazer face à pandemia

No caso dos produtos de higiene pessoal e do lar, as vendas aumentaram 95 por cento face à semana homóloga, enquanto nos produtos alimentares as vendas aumentaram 91 por cento.

O papel higiénico registou o maior crescimento (acima dos 200 por cento), mas lenços, rolos e guardanapos, produtos para roupa e loiça, limpeza do lar, higiene corporal, fraldas/toalhetes e cuidados de saúde também ultrapassam o dobro das vendas, de acordo com a Nielsen. Também as conservas e produtos básicos tiveram crescimentos acima dos 200 por cento.

“Depois desta verdadeira corrida às lojas para prepararem a sua despensa, os portugueses passam para uma nova fase: a preparação para a vida em quarentena. Nessa nova etapa, a procura pelo online começa a ser cada vez mais evidente e poder-se-ão notar algumas diferenças nas tipologias de loja escolhidas”, comenta a consultora sénior da Nielsen, Marta Teotónio Pereira.

Deixe aqui o seu comentário