Centros comerciais adaptados ao estado de emergência

Por a 23 de Março de 2020

NorteShoppingA Associação Portuguesa de Centros Comerciais adianta que os espaços comerciais vão manter em funcionamento as lojas consideradas pelo governo como essenciais, após decretado o estado de emergência.

Há vários espaços que continuam abertos nos centros comerciais. A medida abrange hipermercados, farmácias, papelarias, jornais e tabaco, electrónica e produtos alimentares, mas também restauração (apenas para take away ou entrega ao domicílio), serviços médicos, estabelecimentos de produtos médicos e ortopédicos, oculistas, estabelecimentos de produtos cosméticos e de higiene, estabelecimentos de produtos naturais e dietéticos, Correios e clínicas veterinárias.

Deixe aqui o seu comentário