NetAudience: Correio da Manhã entra em 2020 a liderar

Por a 12 de Fevereiro de 2020

CMApós ter encerrado o último ano como o meio de comunicação social português com maior alcance digital, o Correio da Manhã entra em 2020 novamente na liderança. Com um reach multipataforma a rondar os 3,3 milhões de indivíduos, o diário da Cofina reforça em Janeiro o seu alcance digital ao registar uma subida face ao valor próximo dos 3,2 milhões registado no último mês de 2019. Na segunda posição, também a TVI viu o seu reach crescer dos valores próximos da fasquia dos 3 milhões que apresentava em Dezembro para registar, no primeiro mês de 2020, perto de 3,1 milhões de indivíduos alcançados.

A estação de Queluz volta assim a aproximar-se dos valores de Outubro, altura em que o canal detido pela Media Capital registava um reach multiplataforma próximo dos 3,2 milhões de indivíduos e liderava o ranking netAudience da Marktest, cuja metodologia junta num indicador único os dados no Bareme Internet e do NetScope e dá conta do alcance multiplataforma dos títulos com base em utilizadores únicos não duplicados.

O Jornal de Notícias recupera no primeiro mês de 2020 o terceiro lugar, que era ocupado desde Novembro pelo site Notícias ao Minuto. O título do Global Media Group registou um crescimento do seu reach multiplataforma dos 2,78 milhões que apresentava no mês anterior para os 3,05 milhões de indivíduos alcançados. Já o site Notícias ao Minuto desceu ligeiramente dos 2,96 milhões para os 2,91 milhões de indivíduos alcançados. O top 5 volta a ser encerrado pelo Público, com um reach multiplataforma de 2,59 milhões, que comparam com os 2,53 milhões registados em Dezembro. Entre os títulos generalistas, segue-se o Expresso, que sobe à sétima posição com um alcance digital de 2,28 milhões de indivíduos (estava nos 2,08 milhões em Dezembro, ocupando a oitava posição), enquanto o Diário de Notícias fica regressa 10ª posição de Novembro com um reach de 2,05 milhões (era nono no mês anterior com 1,9 milhões de indivíduos).

No top 10, destaque ainda para o site de lifestyle NiT, que ocupa agora a oitava posição, com um reach multiplataforma de 2,24 milhões de indivíduos (era sétimo em Dezembro com 2,14 milhões), e para a Flash, que mantém a sexta posição conquistada no último mês de 2019 com um reach de 2,51 milhões de indivíduos (registava 2,36 milhões no mês anterior).

No segmento desportivo, a liderança mantém-se nas mãos do Record, que vê o seu reach subir dos 1,85 milhões registados em Dezembro para os 1,93 milhões neste primeiro mês do ano, enquanto o outro título do segmento, O Jogo, desce ligeiramente de 1,26 milhões para 1,24 milhões. No segmento económico, a liderança está também nas mãos da Cofina, com o Jornal de Negócios a alcançar perto de 1,7 milhões de indivíduos (registava 1,25 milhões no mês anterior). O Dinheiro Vivo, do Global Media Group, sobe dos 1,02 milhões registados em Dezembro para 1,22 milhões.

A SIC, segunda entre os canais de televisão, volta a subir acima da fasquia dos 2 milhões de indivíduos alcançados depois de entre Novembro e Dezembro ter caído dos 2,02 milhões para os 1,76 milhões de reach. Com 2,14 milhões de indivíduos alcançados em Janeiro, a estação de Paço de Arcos ocupa agora o nono lugar (estava em 11º no último mês de 2019). Já a RTP recupera o 12º lugar, com um reach de 1,83 milhões (1,3 milhões no mês anterior).

Nas rádios, a TSF manteve, apesar de registar uma descida, a liderança conquistada em Setembro, com um reach de 912 mil indivíduos em Janeiro (registava 950 mil indivíduos em Dezembro). A Renascença, que sobe dos 505 mil para os 644 mil indivíduos alcançados, recupera a posição perdida em Dezembro e volta a ultrapassar a Comercial, passando a ocupar o segundo lugar no segmento, seguida agora por outra estação do grupo Renascença Multimédia já que a ultrapassagem é também assegurada pela RFM, que sobe dos 316 mil indivíduos alcançados para os 375 mil. Já a estação do grupo Media Capital Rádios ocupa agora a quarta posição, tendo descido dos 528 mil para os 309 mil indivíduos alcançados.

Analisando os resultados por grupo de media, a liderança manteve-se em Janeiro nas mãos da Cofina, que recuperou a posição no último mês de 2019. O grupo dono do Correio da Manhã e CMTV viu o seu reach multiplataforma manter-se em linha com os valores do mês anterior, descendo ligeiramente dos 4,16 para os 4,13 milhões. Na segunda posição surge em Janeiro o Global Media Group, que ultrapassa a Media Capital ao ver o seu alcance digital subir dos 3,98 milhões para os 4,07 milhões de indivíduos. Já o grupo dono da TVI passa para a terceira posição apesar registar igualmente um crescimento ligeiro do alcance digital, que sobe dos 3,99 milhões de reach para os 4 milhões. Seguem-se a Impresa (3,39 milhões) e o Público (2,59 milhões). O ranking netAudience apresenta desde Maio de 2019 os números relativos ao reach agregado dos títulos que integram a rede Nónio: 5,2 milhões de indivíduos alcançados em multiplataforma no último mês.

Deixe aqui o seu comentário