Havas assina reposicionamento dos CTT

Por a 17 de Fevereiro de 2020

revitalização da identidadeA sigla CTT assume maior protagonismo na nova linguagem visual da empresa, que deixa cair o mensageiro e o cavalo nos segmentos e produtos comerciais, no âmbito de um processo de reposicionamento a cargo da agência Havas. A imagem tradicional mantém-se apenas a nível institucional. “Com este novo posicionamento, os CTT apresentam uma nova arquitectura de marca mais simples, reflectidos também num novo site e numa nova app, que mostram a fortíssima aposta que a empresa está a fazer na adaptação à nova realidade do negócio”, explica João Bento, CEO dos CTT, acrescentando que o lançamento de um novo site e uma nova app “constituem apenas o arranque do que será uma presença digital cada vez mais forte”.

“Os CTT são o operador de entrega total” é o conceito por trás do novo posicionamento da marca, através do qual se pretende alterar a forma como a empresa comunica com o mercado. Os CTT querem, explica-se sobre o processo em curso, ser reconhecidos como “um parceiro de negócio de confiança, que liga pessoas e empresas, e com quem os seus clientes podem contar para os apoiar a aumentar a eficácia e eficiência das suas actividades em alinhamento com os nossos valores de proximidade e a nossa capacidade de inovação”. “De uma encomenda ao que quiser”, “de uma encomenda ao que deseja”, “de uma encomenda ao que sonha” são algumas das mensagens assumidas pela marca, que passará a contar com uma nova linguagem visual nos vários suportes.

nova linguagem visualCom o objectivo de simplificar a comunicação, a nova linguagem levou a uma reorganização do portfólio, do qual desaparecem marcas de alguns produtos, que passam a ser referenciados com descritivos daquilo que é o produto/serviço associados à sigla CTT. O novo conceito de marca será agora aplicado gradualmente à rede de lojas próprias da marca.

Deixe aqui o seu comentário