Audiências em Janeiro: SIC é o único generalista a subir

Por a 4 de Fevereiro de 2020

quadro 2
A análise de audiências de TV da agência de meios Initiative, que integra o grupo IPG Mediabrands, revela que a SIC começou 2020 na liderança de canais. A estação de Paço de Arcos terminou o mês de Janeiro com um share de 23.2%, o que mostra um aumento de mais 0.3 p.p. face a Dezembro de 2019. A aposta em novos programas de debates, de entretenimento e reality shows, permitiram ao canal registar um incremento de audiências. Por sua vez, a TVI verificou um share de 15.8%, menos 0.5 p.p. versus mês anterior. Também a RTP1 revelou uma ligeira quebra de audiências (-0.1 p.p. vs. Dezembro’19), num mês em que contou com o regresso de Got Talent Portugal aos ecrãs.

Relativamente ao universo dos canais Pay TV, estes registaram 42.2% de share, mais 0.2 p.p. que em Dezembro passado. Nesta tipologia, a CMTV manteve-se na liderança de canais, com um share de 4.7%. Globo, com 2.5%, e Hollywood, com 2.2%, encerraram o top 3 canais mais vistos em Pay TV.

Janeiro foi mês de apostas em novos programas pelos canais generalistas. A SIC iniciou o ano com a estreia de um novo programa de entretenimento para as noites de sábado e domingo. A Máscara, apresentado por João Manzarra, estreou no dia 1 de Janeiro e tornou-se o programa mais visto do dia, com uma audiência média de 1.5 milhões de telespectadores, a que correspondeu um share de 31.7%. Neste dia, a SIC liderou com 27.8% de share, tendo sido o momento do mês em que o canal alcançou o maior valor de audiências. No acumulado do mês, A Máscara manteve uma audiência média de 1.2 milhões de telespectadores, sendo o 5º programa mais visto de Janeiro.

A estação de Paço de Arcos também estreou Amigos Improváveis. Andreia Rodrigues é o rosto do programa que, no seu dia de estreia, posicionou-se na segunda  posição dos programas mais vistos, com uma audiência média de um milhão de telespectadores e um share de 25.2%. Ainda da SIC, destaque para o programa de debate Governo Sombra. Ricardo Araújo Pereira, acompanhado por Pedro Mexia, João Miguel Tavares e Carlos Vaz Marques, transferiu-se da TVI 24 para a SIC. A estreia do programa aconteceu no dia 10, verificando uma audiência média de 360 mil telespectadores e um share de 20.2%.

Por sua vez, a TVI apostou em Ana Garcia Martins, conhecida como A Pipoca Mais Doce para o novo programa Agora Deu-me Para Isto. No dia de estreia, manteve, em média, 328 mil telespectadores agarrados ao ecrã, tendo sido o 24º mais visto do dia. Já a RTP1 fez regressar Got Talent Portugal. Estreado no dia 19, registou uma audiência média de 860 mil telespectadores e um share de 19.4%. O episódio de estreia foi o 6º mais visto do dia, com a audiência média dos seus episódios a posicionar-se na 13º posição dos mais vistos.

Analisando a média de todas as emissões de cada programa, RTP1, TVI e SIC contam com um programa no Top 3 dos mais vistos do mês, com o futebol a dominar a atenção dos portugueses. Destaque para a final da Taça da Liga entre SC Braga e FC Porto, na qual 1.5 milhões de telespectadores assistiram, em média, à vitória no último minuto pela equipa bracarense. Seguiu-se a telenovela da SIC, Nazaré, com uma audiência média de 1.4 milhões de telespectadores e um share de 31%. A completar o top 3 de programas mais vistos do mês, esteve  Pesadelo na Cozinha. O programa de Ljubomir Stanisic manteve, em média, 1.3 milhões de portugueses sintonizados na TVI, a que correspondeu um share de 29%.

quadro 1quadro 3

initiativeFonte: Initiative

Deixe aqui o seu comentário