NOS reformula oferta dos canais TVCine e descontinua TV Séries

Por a 7 de Janeiro de 2020

TVCineOs canais TVCine assumem, a partir do próximo dia 14 de Janeiro, uma nova identidade e programação na sequência de uma reformulação da oferta dos canais premium levada a cabo pela NOS. TVCine Top, TVCine Edition, TVCine Emotion e TVCine Action são as novas designações dos quatro canais até aqui exclusivamente dedicados ao cinema, que passam ter a sua grelha de programação organizada por temáticas e absorvem as séries cuja exibição era assegurada pelo TV Séries. O canal, que até à entrada da HBO no mercado português era responsável pela distribuição em exclusivo das séries da cadeia de televisão norte-americana em Portugal, é agora descontinuado pela operadora, que passa a concentrar a oferta no segmento de cinema e séries em quatro canais premium, mantendo o custo de subscrição dos canais nos 10 euros mensais.

As séries até aqui exibidas pelo TV Séries passam a integrar, de acordo com a sua temática, os canais TVCine Emotion e TVCine Action. O primeiro será dedicado a filmes e séries de comédia, drama, cariz histórico ou animação, enquanto o segundo contará com uma programação focada no cinema e séries de acção, terror ou sci-fi. O canal TVCine Top manterá a proposta de exibir em televisão “os filmes mais recentes, as últimas novidades, os filmes que acabaram de estrear no cinema e que são considerados os maiores blockbusters”. Já o TVCine Edition será dedicado ao “cinema do mundo e de autor, filmes de culto, documentários, curtas, clássicos e cinema português”.

A par da nova marca, identidade e reorganização da programação, os quatro canais passarão a estar disponíveis através das aplicações mobile de todos os operadores nacionais. Para dar a conhecer a nova oferta, os canais premium da NOS terão o sinal aberto entre os próximos dias 17 a 19 de Janeiro e será lançada no dia 14 de Janeiro uma campanha publicitária com criatividade assinada pela Fuel e produção da Medialuso, sob o mote de que “os Canais TVCine têm mais vida”.

Deixe aqui o seu comentário