Plenário na RTP para analisar caso Maria Flor Pedroso/Sandra Felgueiras

Por a 16 de Dezembro de 2019

maria flor pedrosoO Conselho de Redacção da RTP convocou para esta segunda-feira um plenário de jornalistas sobre o conflito entre a equipa do Sexta às 9, coordenado pela jornalista Sandra Felgueiras, e a directora de informação da televisão pública, Maria Flor Pedroso, avançou a Lusa.

Em causa está um relato feito pela coordenadora do programa, em 11 de Dezembro, numa reunião com o Conselho de Redacção a propósito do programa sobre o lítio, em que adiantou que o Sexta às 9 estava a investigar suspeitas de corrupção no âmbito do processo de encerramento do Instituto Superior de Comunicação Empresarial (ISCEM), que passava pelo alegado recebimento indevido de “dinheiro vivo”.  Sandra Felgueiras acusou Maria Flor Pedroso de ter transmitido informação privilegiada à visada na reportagem [directora do ISCEM, Regina Moreira], o que a directora de informação da RTP “rejeitou liminarmente”, de acordo com as actas do Conselho de Redacção e com a posição enviada à redacção pela directora de informação da RTP na passada sexta-feira, a que a Lusa teve acesso.

Maria Flor Pedroso garante, segundo o texto: “Nada foi falado sobre o contrato de compra e venda do imóvel ou outros dados da investigação. A directora de informação limitou-se a defender os interesses da RTP ao tentar contrariar a recusa de uma entrevista”.

Entretanto, mais de 130 jornalistas subscreveram um abaixo-assinado em defesa de Maria Flor Pedroso, uma iniciativa que arrancou na sexta-feira e conta com nomes como Adelino Gomes, Henrique Monteiro, Anabela Neves, Francisco Sena Santos, Rita Marrafa de Carvalho, São José Almeida ou Sérgio Figueiredo.

Deixe aqui o seu comentário