NetAudience: Correio da Manhã regressa à liderança

Por a 13 de Dezembro de 2019

Clipboard01O Correio da Manhã aproximou-se em Novembro dos 3 milhões de reach e recuperou o estatuto de meio de comunicação social português com maior alcance digital, após sete meses de liderança nas mãos da TVI. O diário da Cofina viu crescer o reach multiplataforma de 2,83 milhões de indivíduos em Outubro para 2,99 milhões no último mês, enquanto a estação de Queluz desceu dos 3,2 milhões de indivíduos alcançados no mês anterior para os 2,8 milhões em Novembro, de acordo com o ranking netAudience da Marktest, cuja metodologia junta num indicador único os dados no Bareme Internet e do NetScope e dá conta do alcance multiplataforma dos títulos com base em utilizadores únicos não duplicados.

O Público, que ocupava o terceiro lugar, mantém-se como o segundo jornal mais lido no online mas desce para a quarta posição, com o reach multiplataforma em linha com o do mês anterior: próximo dos 2,76 milhões. No terceiro lugar surge agora o site Notícias ao Minuto (2,76 milhões). O quinto lugar, terceiro entre os jornais, continua a pertencer ao Jornal de Notícias. O título do Global Media Group desce dos 2,53 milhões de indivíduos alcançados em Outubro para os 2,46 milhões em Novembro. Entre os títulos generalistas, segue-se o Expresso, na oitava posição com um alcance digital de 2,13 milhões de indivíduos, enquanto o Diário de Notícias fica pela décima posição com um reach de 1,87 milhões de indivíduos.

A SIC, segunda entre os canais de televisão, mantém a nona posição com um reach de 2,02 milhões (2,09 milhões em Outubro). Já a RTP mantém 12º lugar, com um reach de 1,45 milhões (1,43 milhões no mês anterior). Na rádios, TSF manteve a liderança conquistada em Setembro, registando em Novembro um reach de 1,03 milhões. Segue-se a Renascença, que sobe dos 452 mil indivíduos para 551 mil. A Comercial, do grupo Media Capital Rádios, ocupa a terceira posição com cerca de 300 mil indivíduos alcançados, mantendo-se à frente da RFM (291 mil), depois de ter ultrapassado em Abril a estação do grupo Renascença Multimédia.

No segmento desportivo, o Record reforça a liderança ao ver o seu reach crescer dos 1,58 milhões registados em Outubro para os 1,74 milhões em Novembro, enquanto O Jogo sobe de 1,1 milhões para 1,15 milhões. No segmento económico, a liderança está também nas mãos da Cofina, com o Jornal de Negócios a alcançar 1,4 milhões de indivíduos. O Dinheiro Vivo, do Global Media Group, desce dos 983 mil indivíduos alcançados em Outubro para os 922 mil.

No top 10, destaque ainda para o site de lifestyle NiT, que sobe pela primeira vez à sexta posição, com um reach multiplataforma próximo dos 2,2 milhões de indivíduos, e para a Flash, na sétima posição com um reach de 2,19 milhões de indivíduos.

Nos resultados dos grupos, a liderança mantém-se com a Media Capital, que totaliza um alcance multiplataforma de 3,92 milhões, descendo ligeiramente face aos 4,06 milhões alcançados em Outubro. A Cofina mantém a segunda posição conquistada em Outubro, apesar da descida dos 3,9 milhões de indivíduos alcançados para 3,86 milhões. O Global Media Group desce também dos 3,8 milhões para os 3,74 milhões. Seguem-se a Impresa (3,31 milhões) e o Público (2,76 milhões). O ranking netAudience apresenta desde Maio os números relativos ao reach agregado dos títulos que integram a rede Nónio: 5,21 milhões de indivíduos alcançados em multiplataforma no último mês.

Deixe aqui o seu comentário