Investimento publicitário deverá abrandar nos próximos anos

Por a 10 de Dezembro de 2019
Notas euro

Notas euroApós um crescimento de 5,7% em 2018, o investimento publicitário global deverá encerrar este ano a crescer 4,8% e desacelerar progressivamente nos próximos anos, de acordo com previsões do GroupM. As estimativas do relatório preparado por Brian Wieser, que integrou o grupo WPP no início deste ano como presidente global de business intelligence, apontam para um abrandamento mais acentuado no próximo ano com previsões de crescimento da publicidade global, excluindo anúncios políticos nos EUA, na ordem dos 3,9%. A desaceleração, estima-se, continuará nos anos seguintes: em 2021 antecipa-se um crescimento do investimento publicitário global de apenas 3,1% e até 2024 as previsões indicam um ritmo de crescimento a oscilar entre os 3% e os 4%.

Analisando a evolução por meios, o relatório constata que “a internet é agora inequivocamente o meio mais importante do mundo” e deverá crescer 11% em 2020, representando 52% do investimento publicitário a nível global. Já a televisão deverá crescer apenas 1,8% globalmente no próximo ano e corresponderá, em conjunto com o digital, a 80% do investimento publicitário em todo o mundo. O relatório prevê para 2020 crescimentos de 1,8% na rádio; 2,5% em out-of-home; e uma quebra de 10% nos jornais e revistas.

Deixe aqui o seu comentário