29 de Janeiro: Assembleia-geral da Cofina para aumentar capital e Prisa vota venda da Media Capital

Por a 30 de Dezembro de 2019

media capitalÉ mais um dia decisivo no negócio de venda da Media Capital à Cofina. O conselho de administração da Cofina agendou para 29 de Janeiro de 2020 a assembleia geral para aprovar o aumento de capital até 85 milhões de euros, já antes anunciada pelo grupo, de forma a concretizar a compra da Media Capital à Prisa.

Em comunicado enviado sexta-feira à CMVM pelos accionistas Caderno Azul e Livrefluxo, é proposto à assembleia-geral que autorize o conselho de administração para, mediante parecer prévio favorável do conselho fiscal, “deliberar o aumento do capital social da Cofina, por uma ou mais vezes, por entradas em dinheiro, num montante global máximo de 85 milhões de euros”.

Nesse mesmo dia, 29 de Janeiro, os accionistas da Prisa  votam a venda da Media Capital à Cofina por um valor que fica 50 milhões de euros abaixo do previsto. A Prisa fez saber antes do Natal que o preço de aquisição é agora de 123,29 milhões de euros, que somado à dívida da Media Capital resulta numa avaliação da Media Capital em 205 milhões de euros. O valor inicial da avaliação do grupo dono da TVI e da Rádio Comercial era de 255 milhões de euros.

Recorde-se que a Autoridade da Concorrência não se opõe à realização do negócio, uma postura também partilhada pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) e pela Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom).

Deixe aqui o seu comentário