Roula Khalaf será a primeira mulher à frente do Financial Times

Por a 13 de Novembro de 2019

Roula KhalafO britânico Financial Times vai ser, a partir do próximo mês de Janeiro, liderado por uma mulher pela primeira vez nos seus 130 de história. Lionel Barber, director do jornal de informação económica nos últimos 14 anos e com quase 35 anos dedicados ao título, será substituído no arranque de 2020 por Roula Khalaf. A transição é planeada desde 2016, altura em que a profissional de origem libanesa passou a ocupar a posição de vice de Lionel Barber, tendo sido escolhida na sequência de um processo de avaliação a que foram submetidos cinco candidatos internos. Roula Khalaf, que será a primeira mulher a assumir a liderança do Financial Times, integra o jornal desde 1995, tendo sido correspondente e editora para o Médio Oriente, bem como editora de assuntos internacionais.

O Financial Times, recorde-se, foi vendido pela Pearson em 2015, sendo agora detido pelo grupo japonês Nikkei na sequência de um negócio avaliado em 1,3 mil milhões de dólares. Actualmente, o jornal conta com mais de um milhão de assinantes, mais de metade subscritores em exclusivo da sua edição digital.

Deixe aqui o seu comentário