Promoções banalizaram-se mas desconto médio caiu

Por a 6 de Novembro de 2019

Pedro PimentelDe acordo com o estudo realizado pela Kantar para a Centromarca, apresentado esta quarta-feira, a frequência com que os portugueses vão às compras aumentou em 2019 assim como o valor gasto em cada uma dessas visitas às lojas. É a primeira vez, em quatro anos, que o aumento das duas variáveis ocorre em simultâneo.

Na equação do crescimento do grande consumo verificou-se um recorde da frequência de compra, em 2019, de 46,9 dias. A esta variável soma-se o aumento do preço médio dos portugueses em compras de mais 3,2%. Ainda assim, a sensação de poupança associada a esses actos de compra é positiva, uma vez que no último ano os portugueses conseguiram poupar 141 euros face aos 126 euros de poupança média registada no ano anterior.

A banalização das promoções permitiu que os portugueses conseguissem comprar produtos com desconto, em 68,7 por cento das idas às compras, sem que o desconto médio tenha aumentado. Pelo contrário, em 2019, o desconto médio das promoções recuou 1,4 pontos percentuais.

O aumento das ocasiões de compra em promoção verificou-se na maioria das categorias de produtos, seguindo a tendência de crescimento FMCG. As Marcas de Distribuição são as que mais beneficiam deste movimento. “É notório o esforço das diferentes cadeias de distribuição de dar maior visibilidade e importância às suas marcas. E isso observa-se com o reforço da comunicação e com a multiplicação de promoções desses mesmos produtos”, refere Pedro Pimentel, director-geral da Centromarca.

A perda de impacto das acções promocionais e uma menor performance de momentos-chave do ano, como o Natal e o Verão, impedem as marcas de fabricantes de crescer ao nível das marcas de distribuição (MDD). Simultaneamente, as MDD passam a apostar mais em actividade de Verão, na maioria das vezes com produtos que fogem ao factor sazonalidade, como sejam os óleos e o azeite; a alimentação de bebé; e os ovos. Um dos elementos-chave desta tendência passa pela aposta cada vez maior em comunicação das MDD.

São cinco as vias de crescimento para as marcas de fabricantes apontadas no estudo da Kantar: inovação, promoção, novos targets, pontos de venda e out of home.

Deixe aqui o seu comentário