Ministro do Ambiente diz que Black Friday é “expoente máximo e negativo de uma sociedade capitalista”

Por a 26 de Novembro de 2019

Joao matos fernandesO ministro do Ambiente e Acção Climática considera que que a Black Friday é um “contra-senso” e classificou-a de “expoente máximo e negativo de uma sociedade capitalista”.

“Nesta evolução de consumidores para utilizadores, com todo o respeito por quem promove os ‘Black Fridays’ da vida, eles são, de facto, um contra-senso”, afirmou João Pedro Matos Fernandes, citado pela Lusa.

Matos Fernandes descreveu, à margem de um debate sobre sustentabilidade, a Black Friday  como “um expoente máximo e negativo de uma sociedade capitalista”, mas salvaguarda que acredita na “na livre escolha e na iniciativa” numa “democracia aberta”. O ministro lamentou ainda ver “muitas entidades financeiras a dizerem como é que vão apoiar as compras que nós vamos fazer no Black Friday”.

Deixe aqui o seu comentário