Mexidas na direcção da TSF antecipam reestruturação da Global Media

Por a 8 de Novembro de 2019

Arsénio ReisArsénio Reis, que passou a director da TSF em 2016 após ter integrado sucessivas estruturas de direcção da estação ao longo dos últimos 12 anos, deixou o cargo para assumir novas funções na Global Media. “No contexto da reestruturação do Global Media Group e das estratégias em curso para as suas várias marcas, Arsénio Reis foi convidado a aceitar um novo desafio, estratégico, ligado à internacionalização do grupo e a uma nova visão de futuro”, justifica a administração em comunicado, onde deixa o agradecimento pelo “profissionalismo, o empenho e a lealdade de Arsénio Reis ao longo de todos estes anos na TSF, depositando nele a maior confiança na projecção de novos desafios”.

A direcção da estação será agora assumida interinamente por Pedro Pinheiro, até aqui director-adjunto na estrutura liderada por Arsénio Reis, apoiado pelos restantes membros da actual equipa directiva, Ricardo Alexandre e Anselmo Crespo, que se mantêm em funções. Até ao momento ainda não foi anunciado oficialmente o sucessor de Arsénio Reis mas ao que tudo indica a escolha dos accionistas recairá sobre o nome de Rosália Amorim, actualmente directora do Dinheiro Vivo, título ao qual poderá manter-se ligada. A mudança enquadra-se no processo de reestruturação do grupo, que deverá ser conhecido no início da segunda quinzena deste mês.

Entretanto, reunidos em plenário no final do dia de sexta-feira, “os jornalistas e outros trabalhadores da TSF Rádio Notícias manifestaram perplexidade relativamente à saída de Arsénio Reis da direcção da TSF”, dizem em comunicado enviado no sábado à Lusa.

No comunicado, os trabalhadores afirmam que “a saída de Arsénio Reis do cargo de director suscita várias dúvidas e agrava os sinais já de si preocupantes sobre a situação da empresa”,  acrescentando que as justificações publicamente avançadas no comunicado da Comissão Executiva “dificilmente são compreensíveis” e aprovaram um “voto de confiança aos quatro elementos que, até agora, compunham a direcção da rádio: Arsénio Reis, Pedro Pinheiro, Anselmo Crespo e Ricardo Alexandre”

Assim,  solicitam à administração uma reunião presencial, em plenário de trabalhadores, “com carácter de urgência”, que “deverá ser marcada e realizada, usando as salas de conferências, até terça-feira, 12 de Novembro, às 17:00”. O objectivo é que seja explicada  a mudança na direcção e as implicações que terá no futuro da estação.

Até ao momento não foi possível obter uma reacção da administração da Global Media.

Deixe aqui o seu comentário