17 marcas abandonam Big Brother Espanha após divulgação de vídeo com vítima de violação

Por a 28 de Novembro de 2019

gran hermanoSão já 17 as marcas que deixaram de patrocinar o reality show Gran Hermano (Big Brother) emitido em Espanha pelo canal Telecinco. Na lista de marcas constam Lancome, Schweppes, L’Oreal, Telepizza, Tous, Nissan e MediaMarkt.

O Big Brother é o formato de maior audiência daquele canal espanhol. A produção é assegurada pela Zeppelin.

Na origem do caso está a divulgação, na passada quinta-feira, de um vídeo relativo à edição de 2017. As imagens mostram a concorrente, no confessionário, a ser coagida pela produção a visualizar um vídeo onde estaria a ser violada por outro participante, após uma festa em que puderam consumir bebidas alcoólicas. A concorrente aparenta estar inconsciente durante a agressão sexual. Ao ver as imagens pela primeira vez no confessionário, a concorrente, em estado de choque, suplica que parem de mostrar as imagens da eventual violação. A produção não acedeu à solicitação. A concorrente também quis confrontar o concorrente com o ocorrido e pediu para falar com um familiar – algo que a produção também recusou.

O alegado violador acabou por ser expulso do programa e o processo seguiu para tribunal, onde aguarda julgamento. O canal nunca exibiu as imagens da eventual violação.

Deixe aqui o seu comentário