Sindicato dos Jornalistas constitui-se como parte interessada e opõe-se ao negócio Cofina/Media Capital

Por a 22 de Outubro de 2019

TVIO Sindicato dos Jornalistas (SJ) anunciou que comunicou à Autoridade da Concorrência (AdC) a sua opinião desfavorável à compra da Media Capital pelo grupo Cofina, após constituir-se como parte interessada no negócio.

Em comunicado, o SJ justifica que se constituiu como parte interessada no negócio, “uma vez que é uma entidade que defende os interesses legalmente protegidos dos seus associados, que podem vir a ser afectados por esta operação de concentração”. O sindicato alerta para “os riscos inerentes ao negócio”, nomeadamente a concentração dos media “elevada a uma escala sem precedentes, com o domínio da quase totalidade dos principais meios de comunicação social por um grupo económico” e o potencial “controlo absoluto do mercado de trabalho no sector, com risco elevado de condicionamento da liberdade de expressão e de emprego”.

O sindicato refere ainda que, “por norma, e lamentavelmente, este tipo de fusões tem-se traduzido em cortes de pessoal e emagrecimento de redacções”.

Deixe aqui o seu comentário