Produções Fictícias já têm novos donos

Por a 23 de Outubro de 2019
Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva e a mulher, Ulla Madsen, venderam a empresa Produções Fictícias a André Machado Caldeira, actual director executivo do Canal Q e director-geral das Produções Fictícias, avançou o Observador que relembra que André Machado Caldeira é sobrinho do novo secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media.

O contrato tem data de 18 de Outubro de 2019, três dias antes do anúncio por parte do governo dos novos membros do governo.

Segundo informação que consta na conservatória do Registo Comercial de Lisboa houve um contrato de cessão de quotas em que Nuno Artur Silva e a Seems SGPS (de que o o novo secretário de Estado era também dono até agora) venderam a André Machado Caldeira, por 150 mil euros, e a Michelle Costa Adrião, por 30 mil euros, o total do capital social da Produções Fictícias Lda, refere o Observador.

Nuno Artur Silva, que entre 2015 e 2018 foi administrador da RTP onde assumiu o pelouro dos conteúdos, acabou por não ser reconduzido no cargo no último ano por incompatibilidade apontada, pelo Conselho Geral Independente, ao facto de se manter ainda como proprietário das Produções Fictícias.

 

Deixe aqui o seu comentário