Audiências TV: SIC mantém liderança e TVI regressa ao segundo lugar

Por a 28 de Outubro de 2019

Clipboard01

O consumo televisivo na semana 43 foi de 4h50m, o que relativamente à semana passada representa uma diminuição de mais de 8 minutos no tempo diário dedicado por cada indivíduo ao visionamento das várias valências da televisão. Quanto ao share de audiência, e pela terceira semana consecutiva, o cabo mantém-se estável nos 38,6%. A SIC cresce até aos 20,2%; comportamento acompanhado pela TVI ao subir para os 14,4%, valor que lhe permite regressar à posição de segundo canal FTA visto que o share da RTP1 caiu para os 12,4%.

As novidades no top dos canais pagos mais vistos vão para a subida do Hollywood ao terceiro lugar, trocando de posição com a Fox, que cai para o meio da tabela. Nas trocas, destaque ainda para a mudança entre a Fox Life e o Fox Movies, o primeiro sobe à oitava posição, e o segundo desce para o nono lugar. Na liderança e com um retorno dia de 86,4 mil telespectadores encontra-se a CMTV; segue-se a Globo com uma fasquia diária de 50,8 mil telespectadores. A repetir as posições da semana anterior, no quarto lugar encontra-se a SIC Notícias, o Disney no sexto lugar e a TVI 24 no sétimo Já o Panda, que ocupa a 10ª posição, volta a fechar a ranking.

Clipboard02

Em semana de competições Europeias com equipas portuguesas confirma-se o expectável, na liderança da programação encontra-se, com 21,9% de audiência média, o jogo da Liga dos Campeões Benfica x Lyon transmitido pela TVI. Segue-se com 17,2% o jogo da Liga Europa Sporting x Rosenborg exibido pela SIC. O canal de Paço d’Arcos domina as restantes posições: o terceiro lugar pertence à novela Nazaré; Golpe de Sorte: Temporada Final ocupa o quarto lugar e o Jornal da Noite a posição seguinte.

Havas_media_groupRelativamente ao top dos programas dos canais Pay TV, destaque para a quarta posição da novela da Globo Escrito nas Estrelas, visto ser o único conteúdo do ranking de 21 a 27 de Outubro a quebrar a hegemonia da CMTV.

Análise Data Insights do Havas Media Group

Deixe aqui o seu comentário