Fim da suspensão das acções da Media Capital e da Cofina

Por a 23 de Setembro de 2019

CMVM, edificio, espaços

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) levantou a suspensão da negociação das acções do Grupo Media Capital e da Cofina, após o acordo do grupo liderado por Paulo Fernandes para comprar a empresa que detém a TVI.

Em comunicado divulgado esta segunda-feira, a CMVM justifica com a “divulgação de informação relevante” a decisão de levantar a suspensão. Em comunicado enviado à CMVM, a Cofina explicou que, na sequência da celebração, no dia 20 de Setembro, de um contrato de compra e venda de acções com a Prisa para a compra de acções da totalidade da Vertix SGPS, que detém 94,69% dos direitos de voto da Media Capital, a dona do Correio da Manhã vai lançar uma Oferta Pública geral e voluntária de aquisição (OPA) sobre a totalidade das acções da Media Capital.

A Cofina pagará 2,3336 euros por acção. O acordo avalia a Media Capital em 255 milhões de euros (valor da compra mais a dívida).

Deixe aqui o seu comentário