CMVM suspende acções da Cofina e da Media Capital

Por a 17 de Setembro de 2019

TVIA Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) suspendeu esta terça-feira as negociação das acções da Cofina e da Media Capital, numa altura em que a dona do Correio da Manhã negoceia a compra da Vertix, que detém 94 por cento da dona da TVI.

Numa nota divulgada na sua página, a CMVM diz que aguarda “a divulgação de informação relevante ao mercado”.

De acordo com o Expresso, a Cofina vai pagar pela Media Capital cerca de 255 milhões de euros menos dívida. A operação será financiada pelo banco Santander e Société Générale, mas também através de um aumento de capital de cerca de 80 milhões de euros, subscrito pelo banco espanhol Abanca e pelo empresário Mário Ferreira. Paulo Fernandes, continua o Expresso, também irá aumentar a sua participação no grupo, investindo mais de 20 milhões de euros neste aumento de capital, um montante semelhante com que irá avançar Mário Ferreira, prossegue o título da Impresa. O restante núcleo duro de accionistas da Cofina também deverão participar no aumento de capital mas não na totalidade, diminuindo assim a sua participação. Ainda de acordo com o Expresso, o negócio deve ser anunciado esta semana.

Deixe aqui o seu comentário