Quem liderou no primeiro mês com medição separada do tráfego mobile no Netscope?

Por a 14 de Julho de 2016

Clipboard05Pela primeira vez, no mês de Junho o ranking Netscope apresenta a medição separada do tráfego alcançado pelas publicações no desktop e no mobile, com este último a assumir preponderância na maioria dos títulos. Sem surpresas, A Bola continua a ser o título mais lido do país quer no desktop quer no mobile, excluindo o portal Sapo, tendo alcançado 39,9 milhões de visitas totais e com as 19,5 milhões de visitas a partir de dispositivos móveis a superarem mesmo o Sapo neste campo. Também em pageviews, onde registou 247,5 milhões, o desportivo é líder em ambas as plataformas.

O segundo lugar entre os mais lidos, em mês de Euro 2016, coube ao Record, que ultrapassou o companheiro de grupo na Cofina Correio da Manhã, que se mantém como o generalista mais lido do país na internet com 21,2 milhões de visitas e 109 milhões de pageviews totais, sendo líder também no mobile onde regista 12,8 milhões de visitas e 43,6 milhões de pageviews. O segundo generalista mais lido no online continua também a ser o Jornal de Notícias, com 18,1 milhões de visitais totais (11,5 milhões via mobile) e 67 milhões de pageviews (27,6 milhões no mobile).

A nova divisão no ranking da Marktest, isolando o tráfego mobile do tráfego em desktop, permite perceber que o tráfego mobile é já superior ao desktop na maioria dos títulos, sendo que no top 10 apenas um título de imprensa mantém um tráfego superior no desktop face ao alcançado através de dispositivos móveis. É o caso do jornal Público, cujos 10,4 milhões de visitas em Junho se dividiram entre 5,5 milhões a partir de computadores desktop e 4,9 milhões a partir de smartphones ou tablets, situação ainda mais evidente no que diz respeito às pageviews já que, dos 47,2 milhões alcançados pelo diário da Sonaecom em Junho, apenas 11,1 milhões foram obtidas a partir de dispositivos móveis.

Na luta entre grupos de media, o Global Media Group voltou a roubar, tal como em Abril, a liderança ao grupo Cofina Media, mas só no que diz respeito às visitas. Neste item, o grupo que detém o DN, JN e O Jogo ficou à frente, com 54,2 milhões de visitas (19,9 milhões em desktop e 34,3 milhões em mobile) contra os 51,4 milhões registados pela Cofina (23,6 milhões em desktop e 27,8 milhões via mobile). Já nas pageviews, a liderança manteve-se com o grupo do Correio da Manhã, Jornal de Negócios e Record, que fechou o mês de Junho com 283 milhões de pageviews contra 232,8 milhões do Global Media Group.

Consulte aqui o ranking completo do mês de Junho

Deixe aqui o seu comentário