Estudo: Como a imagem dos CEO influencia a reputação das empresas

Por a 5 de Novembro de 2013

Nove em cada 10 especialistas de comunicação corporativa de toda a Europa consideram que a capacidade do CEO para lidar com os media e com outros públicos-alvo está directamente ligada ao sucesso, aos resultados e à reputação global das suas empresas. A conclusão resulta do estudo European Chief Communication Officers Survey (ECCOS), promovido pela Ketchum e pela European Public Relation and Research Association (EUPRERA), que inquiriu 579 responsáveis de comunicação de empresas de 39 países europeus e conta ainda com 43 entrevistas qualitativas com directores de comunicação de empresas globais com sede na Europa. Segundo o estudo, “a imagem pública dos responsáveis empresariais tornou-se vital para a reputação corporativa e, logo, para o desenvolvimento dos negócios”. “A reputação dos líderes de grandes empresas é, hoje extremamente importante, os CEO podem tão facilmente criar como destruir as suas marcas corporativas”, refere Ansgar Zerfass da Universidade de Leipzig, acrescentando que “hoje, o fracasso público ou as más apostas de carreira, podem afectar uma marca gravemente e de forma muito rápida. Em muitos casos, a imagem do CEO tornou-se quase um sinónimo da marca da organização”. “A personalização das histórias das empresas exige que a imagem do CEO constitua, também ela, uma marca”, afirma ainda David Gallagher, CEO da Ketchum Europe.

Deixe aqui o seu comentário