Governo: Comissão de Trabalhadores da RTP pede reunião urgente a futuro ministro

Por a 12 de Abril de 2013

A Comissão de Trabalhadores da RTP salientou “o direito” e “a matriz europeia” do futuro ministro Miguel Poiares Madura e tem “expectativa” numa “relação melhor” do que com Miguel Relvas, pedindo uma reunião “urgente” com o governante.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, anunciou hoje a substituição do ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares Miguel Relvas por Luís Marques Guedes e Miguel Poiares Maduro, que terá a tutela da comunicação social.

“A primeira reacção que tenho à nomeação do Dr. Miguel Poiares Maduro é que, pelo menos, é uma pessoa de direito e o direito estive omisso este tempo todo na forma como a RTP tem sido tratada”, disse Camilo Azevedo, da Comissão de Trabalhadores (CT) da RTP em declarações à agência Lusa.

Camilo Azevedo salientou ainda que o novo ministro é “um homem com experiência europeia”, reiterando que “a RTP deveria estar dentro do campeonato das televisões europeias e não das televisões comerciais”.

“E aí temos alguma expectativa, com o direito e com a matriz europeia, numa relação melhor que com a antecedente, com o ministro Miguel Relvas”, sintetizou.

A CT da RTP pede “desde já que sejam tomadas providências, necessárias e urgentes, para a RTP porque não pode continuar como está”, pedindo uma reunião ao ministro.

“Já que a Comissão de Trabalhadores não pode falar com a administração, pelo menos o senhor ministro fale com os trabalhadores da RTP porque é necessário e urgente ter uma solução para a RTP”, afirmou.

Camilo Azevedo adiantou ainda que o pedido formal desta reunião irá seguir já que “Comissão de Trabalhadores tem que falar com o Estado, porque é o Governo que efectivamente tem a tutela da RTP”.

“Vivemos completamente fora da lei da comunicação social este tempo todo por isso esperemos que entremos na lei. Essa é a nossa esperança mas vamos estar atentos”, concluiu.

O primeiro-ministro anunciou hoje a substituição do ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares Miguel Relvas por Miguel Poiares Maduro e por Luís Marques Guedes.

O professor universitário de direito Miguel Poiares Maduro vai ser ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional e o actual secretário de Estado Luís Marques Guedes passa a ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, em substituição de Miguel Relvas.

Miguel Relvas tinha apresentado a sua demissão do executivo há exactamente uma semana alegando “falta de condições anímicas para continuar no Governo”. (Lusa)

Deixe aqui o seu comentário