Nova consultora de marketing político em Lisboa

Por a 12 de Março de 2012

Nuno Cruz Inácio

Nuno Cruz Inácio, presidente da Associação de Rádios de Inspiração Cristã, é o responsável pela entrada no mercado nacional da Iungo, agência especializada em comunicação política. A agência está agora a apresentar-se ao mercado depois de ter realizado, com a Universidade Pontificia de Salamanca, no fim de Janeiro o I Seminário Internacional de Comunicação Politica, no auditório do Edifício Novo da Assembleia da Republica. Alberto Fernandez, ex-chefe de gabinete dos presidentes Néstor Kirchner e Cristina Fernández de Kirchner, e Luis Arroyo Martínez, presidente da espanhola Asociación de Comunicación Política foram dois dos oradores. “A agência nasce ligada à Universidade de Salamanca porque foi fundada por antigos alunos do mestrado em comunicação política”, justifica ao M&P, Nuno Cruz Inácio, que é também docente em mestrados da mesma Universidade nas áreas de comunicação corporativa e de assessoria e comunicação política. A agência tem escritórios em Madrid e está agora à procura de instalações em Lisboa.

A Iungo está já a trabalhar um grupo de deputados e uma associação empresarial “de grande dimensão”, que Nuno Cruz Inácio prefere não especificar. No entanto, o objectivo são as eleições autárquicas do próximo ano, onde espera colaborar com 10 a 15 candidaturas. “O mercado eleitoral não é muito grande, as autárquicas são por excelência uma oportunidade para vingar em Portugal”, refere. A agência prefere trabalhar directamente com os políticos a título individual. Por exemplo, entre deputados, apenas irá trabalhar com um por círculo. “Habitualmente trabalhamos pessoas e não políticos, no entanto, se surgir a oportunidade, trabalharemos com os partidos. Pretendemos é envolver-nos em projectos de médio e longo prazo”. Este projecto representa um investimento de 120 a 160 mil euros, sendo que o objectivo passa por atingir o break even no prazo de dois anos. A agência inicia operações com duas pessoas, mas o expectável “que chegue às seis”. “Não me parece que existam em Portugal empresas especializadas em comunicação política, existem sim empresas grandes que também fazem comunicação política e aí destaco a LPM, a F5C e a Cunha Vaz”, diz, a propósito da oportunidade de mercado.

É ainda em Salamanca que a Iungo realiza as acções de media training para os seus clientes. “Em Lisboa as pessoas conhecem-se, enquanto em Salamanca passam despercebidas e têm um ambiente mais recatado”, explica, acrescentando que, mesmo assim, já desenvolveu uma acção de media training para um cliente na capital portuguesa.

Deixe aqui o seu comentário