APCT: Assinaturas pagas e vendas em banca

Por a 1 de Março de 2012

Segundo indicam os dados do último boletim da APCT, quando se trata de analisar os números das assinaturas em papel, a revista Selecções do Reader’s Digest comanda o ranking com uma média de 65.667 exemplares escoados por esta via entre Janeiro e Dezembro de 2011. Segue-se-lhe a Visão, com 36.102 e a fechar o pódio encontra-se a National Geographic Magazine, com 26.694 assinaturas.

Olhando para os 20 primeiros títulos, apenas um jornal generalista consta deste top: o Diário de Notícias (DN). Este foi também o diário de informação que mais viu crescer a sua circulação paga no ano passado. O jornal registou uma média mensal de 34.119 exemplares o que traduz uma subida de 16,15 por cento relativamente a 2010. No entanto, os valores que remetem para as assinaturas em papel foram decisivos para os resultados finais do DN. Só em Agosto de 2011 o título da Controlinveste registou 19.568 assinaturas, quando em Janeiro não ultrapassava as 2.216, tendo fechado Dezembro com 13.751. Por outro lado, atendendo apenas às vendas em banca, o DN obteve uma média de 23.118 exemplares escoados em 2011. Também o Jornal de Notícias (JN), do mesmo grupo, começou o ano com 794 assinaturas em papel e em Dezembro contabilizava 12.241. O M&P tentou contactar a Controlinveste para indagar desta estratégia mas tal não foi possível.

Por outro lado, observando a tabela das vendas em banca, cujo leme está entregue à revista Maria, verifica-se que o Correio da Manhã, líder dos generalistas no que concerne à circulação paga surge em terceiro lugar com 122.914 exemplares vendidos em banca, a seguir à TV 7 Dias. A revista Nova Gente aparece na quarta posição (120.108), o semanário Expresso na quinta, (91.792) a revista Telenovelas na sexta (84.302) e o JN na sétima (76.725).

 

 

Deixe aqui o seu comentário