Fnac retira cartaz após pressão das redes sociais

Por a 30 de Janeiro de 2012

Mais uma marca a juntar-se ao rol de casos de polémica nas redes sociais. Desta vez coube à Fnac estar na mira de comentários negativos, gerados pela campanha promocional “Cultura Renova-se”, em que por cada livro usado, CD ou DVD entregue, a Fnac atribui um vale de cinco euros. O motivo da polémica prende-se com um cartaz promocional colocado nas lojas onde se lê a frase “Troque os Maias pela Meyer”. Nas redes sociais há já mais de 100 partilhas da fotografia que regista essa frase, bem como críticas à escolha da mesma, sendo considerada uma ofensa à cultura e à literatura portuguesas, já que incentiva a troca de um clássico de Eça de Queiroz por um dos livros da série Twilight, assinada por Stephanie Meyer.

Entretanto, num post colocado hoje no Facebook, a Fnac esclarece que “respeita a opinião dos fãs e nunca apaga comentários do seu Facebook, seja qual for o conteúdo da mensagem”. Assim sendo, justifica a frase da campanha como “um aproveitamento das semelhanças fonéticas dos títulos das várias obras emblemáticas, com um tom humorístico mas sem qualquer intenção de juízo de valor e sem nunca pretender desvalorizar as obras citadas”. Ainda assim, a Fnac faz saber que “tendo em conta a reacção dos nossos fãs, iremos retirar este tema da campanha”.

Deixe aqui o seu comentário