Declaração de Hamburgo subscrita pelos media portugueses esta semana

Por a 15 de Julho de 2009

Esta quinta-feira, dia 16, os principais grupos de media do país vão juntar-se para subscrever a Declaração de Hamburgo, documento entregue à comissária europeia Vivianne Reading no início do mês e que pretende, como avançou na altura o M&P, “medidas urgentes na protecção da propriedade intelectual na Internet”.
Tendo começado como uma iniciativa de grupos de media alemães, e já assinada por cerca de 150 editores, a Declaração de Hamburgo conta com o apoio da World Association of Newspapers and News Publishers (WAN-IFRA) e do European Publishers Council (EPC), presidido por Francisco Pinto Balsemão.
“Vários fornecedores de conteúdos estão a utilizar as obras de autores, editores e organismos de radiodifusão sem pagar a devida compensação. A longo prazo, esta prática põe em causa a criação de conteúdos de alta qualidade e a existência do jornalismo independente”, pode ler-se na declaração, na qual é pedido que a “utilização não autorizada da propriedade intelectual” se mantenha “proibida independentemente do meio de distribuição”.

Deixe aqui o seu comentário