O dia 3 de Cannes

Por a 24 de Junho de 2009

africadosul.jpgE ao terceiro dia do festival de Cannes, o Museu Efémero para o rum Pampero ganhou mais um leão de prata, desta vez na competição de media. Com este prémio a Leo Burnett já soma nove leões, divididos pelas secções de media, marketing relacional, promoções e relações públicas. A agência de Horacio Puebla figura ainda entre os finalistas de design, com os trabalhos Museu Efémero, Loja da Cruz Vermelha e o filme Todos Contra Todos para a Amnistia Internacional, que disputa a categoria de broadcast design & graphics. As shortlists de design e de ciber, onde não constam finalistas portugueses, foram divulgadas ontem.

Horacio Puebla, director criativo executivo da agência, disse ao M&P que “é importante que Portugal tenha ganho”, sublinhando que “este sentimento é honesto e mostra que é possível fazer trabalhos” com estas características em Portugal. Veja o vídeo com o depoimento de Horacio Puebla aqui.

Ainda ontem, as atenções ficaram para a África do Sul e o Japão. O grande prémio de outdoor foi entregue à TBWA Hunt Lascaris de Joanesburgo, pela campanha para o The Zimbabwean, um jornal editado por jornalistas do Zimbabwe no exílio. O título é editado por Wilf Mbanga, fundador da Associated Newspapers of Zimbabwe, que detinha The Daily News, obrigado a encerrar em 2003 pelo governo de Mugabe. Os outdoor são constituídos por dólares do Zimbabwe, uma moeda em constante desvalorização. Esta competição contava com quatro agências portuguesas, além da Leo, na lista de finalistas: a Lowe com Baby e Puppy para a Axe, a Fischer com Interpretation e Psychedelic para a Pó dos Livros, a BBDO com Fireman, Soccer Player e Dancer para Diferenças. Em media, onde apenas a Leo constava na shortlist, a JWT de Tóquio arrecadou o grande prémio, graças ao trabalho Kit Kat Mail.

Um leão para a Fischer?
Hoje serão conhecidos os vencedores das competições de imprensa e design. Em imprensa, são finalistas apenas as peças Opera Singer, Bagpiper e Priest da Fischer para a Honda, que segundo apurou o M&P têm fortes possibilidades de ganhar um leão. A ser assim, a representação portuguesa conseguiria o seu décimo leão.
honda_jazz_priest1.jpg

O M&P desloca-se a Cannes com o apoio da YoungNetwork. Acompanhe o festival em Do Fundo da Comunicação.

Deixe aqui o seu comentário