Cannes: A crise chega às festas mas portugueses ocupam praia

Por a 22 de Junho de 2009

tugabeach.jpgA Advertising Age já deu conta do impacto que a crise vai ter nas festas que decorrem ao longo da semana no festival de publicidade de Cannes, que arrancou ontem e que termina sábado. A festa da DDB, que há uma década decorria às sextas à noite, foi cancelada e substituída por um cocktail antes da entrega dos cyber lions e por um almoço para 100 pessoas, após o seminário que a agência vai apresentar com David Plouffe. Nesse mesmo dia, quarta-feira, e após os cyber awards, a Microsoft organiza uma festa no Microsoft Beach Club, mas nada que tenha paralelo com as festas do iate que a empresa costumava realizar. Haverá ainda festas dos mercados chinês e indiano e da cidade de Amesterdão. O hotel Majestic vai também receber uma festa da marca Uniqlo na tarde de sexta. As produtoras finlandesas vão montar uma Secret Sauna Society na Croisette. Em linha com as preocupações extra-programa oficial de Cannes já se discute no Facebook em grupos associados ao festival “Quanto é que vai custar este ano um Jack Daniels e uma Cola no Gutter?” A expectativa é que, com a crise, não haja aumentos.

A representação portuguesa terá na Plage Royale o seu ponto de encontro, graças ao projecto que a Impression Portugal decidiu montar: a Tuga Beach. A Sogrape, através da Mateus Rose, associou-se ao projecto. O café servido será da Delta Cafés. A Siva vai assegurar serviços de navette entre o aeroporto de Nice e o centro de Cannes em viaturas Volskwagen, que farão o percurso a cada partida e chegada dos voos da TAP. Para isso, é preciso registar-se em www.impression-global.pt/tugabeach. “O projecto Tuga Beach atingiu os seus primeiros objectivos em termos de parcerias e serviços, com a última adesão da Super Bock, que irá garantir o fino da happy hour diária das 18h às 19h. Como indica o nosso cartaz, fino, tremoços, bica e pastel de nata, não vão faltar a todos os tugas, seus amigos e convidados internacionais, que passem pela Plage Royale”, explicou ao M&P Pedro Jacques de Sousa, administrador-delegado da Impression Portugal. O responsável espera que o número de inscritos ronde as 120 a 150 pessoas, tendo produzido 200 badges de acesso ao recinto, que terá ainda WiFI gratuito.
O M&P desloca-se a Cannes com o apoio da YoungNetwork. Acompanhe o festival em Do Fundo da Comunicação.

 

Deixe aqui o seu comentário