Chumbado projecto de lei do PSD de apoio aos media portugueses no estrangeiro

Por a 6 de Outubro de 2008

O projecto de lei do PSD de apoio aos meios de comunicação social no estrangeiro foi chumbado no Parlamento com os votos contra do PS e a abstenção dos restantes partidos. Segundo a agência Lusa, o deputado do PSD do círculo eleitoral Fora da Europa José Cesário apoiou estas medidas de forma a combater algumas acções tomadas pelo governo, como o fim de porte pago e a criação de um portal de imprensa para as comunidades que, segundo o deputado, ainda não foi criado.O social democrata defendeu a necessidade de apoiar os meios de comunicação social portugueses no estrangeiro acusando o governo de ter dado “a primeira machadada na sua relação com as comunidades portuguesas”, através do fim de porte pago. Por seu lado, Maria Carrilho do PS, também pelo círculo eleitoral Fora da Europa, questionou o facto do PSD nunca ter tomado tais medidas quando esteve no poder. O PCP também acusou o PSD de ter iniciado o fim do porte pago e ter conduzido “más políticas” de emigração. A abstenção do partido comunista deveu-se à necessidade de “apoiar essa comunicação social”, embora considere o projecto “mal elaborado”, “vago” e que “não tem em conta a realidade da comunicação social portuguesa no estrangeiro”. Hélder Amaral, pelo CDS-PP, reafirmou esta importância principalmente para a divulgação da língua e cultura portuguesas. O Bloco de Esquerda, nas palavras de Helena Pinto, considera a proposta do PSD “boa” mas sem ser “inteiramente clara”, pois “precisa de ser muito trabalhada”.

Deixe aqui o seu comentário