Sapo lidera o ranking Netscope pelo terceiro mês consecutivo

Por a 8 de Agosto de 2008

A homepage do Sapo continua no primeiro lugar do ranking Netscope, com cerca de 28,3 milhões de visitas e 62,7 milhões de pageviews. Este é o terceiro mês consecutivo que o Sapo está em primeiro lugar, desde a sua entrada em Maio, no conjuntos de site mais visitados, analisados pelo Netscope, num total de 78. Os sites de informação desportiva continuam a ocupar os lugares seguintes da tabela, começando pelo A Bola, no segundo lugar, com 15,6 milhões de visitas e 53,8 milhões de pageviews. Tal como no mês passado, o Recorde continua à frente do diário O Jogo, com 14,6 milhões e 8,9 milhões de visitas, respectivamente. No entanto, o Record ficou à frente do A Bola em relação aos pageviews, com um total de 61,9 milhões.O Público é o site de informação generalista mais visitado, apesar da sua descida de utilizadores, acabando o mês com 4,3 milhões, tendo atingindo ainda 24,2 milhões de pageviews. A oitava posição é ocupada pelo Correio da Manhã, com 3,6 milhões de visitas. Com menos de metade dos internautas, está o Diário de Notícias, com um total de 1,7 milhões de visitas e 5,1 milhões de pageviews, o que lhe dá o 15º lugar do ranking. O Jornal de Notícias e o Jornal de Negócios tiveram subidas consideráveis. O título da Controlinveste subiu do 14º para o 9º lugar da tabela, finalizando o mês com 2,6 milhões de visitas e 10 milhões de pageviews, enquanto que o Jornal de Notícias subiu para o 12º, com um número final de 2,2 milhões de visitas em Julho. Na lista de televisões, o site da RTP continua a ser líder, com 2,4 milhões de visitas, o que lhe dá o 10º lugar. A SIC Online desceu para o 17º com 1,6 milhões de visitas e 8,5 milhões de pageviews. Em relação aos semanários Expresso e Sol, de referir o ligeiro aumento de visitas do primeiro, passando de 2,2 milhões em Junho, para 2,4 milhões em Julho, o que lhe mantém a 11º posição. Por seu lado, o Sol, desceu duas posições, estando em 14º lugar com um total de 1,9 milhões de visitas.

Deixe aqui o seu comentário