Euro RSCG e a McCann conseguiram bronze em imprensa

Por a 19 de Junho de 2008

fotoparasiteleao.jpgA competição de imprensa entregou ontem dois leões de bronze a agências nacionais. A Euro foi distinguida pelas peças Balloons, Tourism e Stadium para a Delta Cafés e a McCann com African e Muslim para a Amnistia Internacional. Além destas duas agências, chegaram a finalistas a Partners, com Arm e Leg para a N Seguros, a Leo Burnett, com Focus Group e 6-0 para a Corbis/VMI, e a Publicis, com Broken Window para o Renault Scenic. Nesta competição, as agências portuguesas concorriam com 95 peças, que integraram um universo de quase 7.500 trabalhos de 69 países.
Em declarações ao M&P, Tiago Rebelo, que fez dupla com Paulo Pinto para a peça da Delta conta que “foi-nos pedida uma campanha institucional tendo por base a tradição de consumo de café em Portugal e como o café entra na vida dos portugueses logo pela manhã. E foi isso que nós fizemos”. O criativo refere ainda que “este prémio é bom para nós e para os portugueses, mas acima de tudo é bom para a publicidade”.
Já a campanha Presos da McCann para a Amnistia Internacional foi desenvolvida pela dupla Emerson Braga e André Lopes, com direcção criativa de Diogo Anahory e José Carlos Bomtempo. André Lopes relata que “o briefing surgiu a partir de se evitar qualquer tipo de discriminação racial, religiosa ou em qualquer outra área”. A campanha tem três trabalhos, onde se pode ver um negro, um árabe e um sem-abrigo a mostrar uma placa, ao estilo das fotografias dos presos, com os respectivos números de telefone. O slogan desta campanha é Discriminar Não é Humano. André Lopes explica que o objectivo é “provocar qualquer cidadão. Ao ver um negro a segurar uma placa, as pessoas pensam que é um criminoso. O árabe, simplesmente pelos trajes, vai-se pensar que é um fanático religioso”. André Lopes detalha também que “Quando se lê a mensagem [Discriminar não é humano], descortina-se a mensagem. Quando se vê um negro com a placa em baixo, as pessoas têm uma reacção contrária à verdadeira, onde ele está a mostrar o seu número de telefone. Esse é o poder da mensagem”. A competição de imprensa contou com Ricardo Monteiro, CEO da Euro RSCG, como jurado.

Deixe aqui o seu comentário