Workmedia lança primeira revista B2C

Por a 8 de Fevereiro de 2008

O grupo Workmedia está a preparar o lançamento de duas novas publicações dentro no sector imobiliário para o mês de Abril, sendo uma dirigida para o grande público e outra para profissionais. Com presença em banca, Casa Index é o nome do primeiro título dirigido para o consumidor final editado pela empresa especializada na produção de publicações B2B. Pedro Corrêa Mendes, administrador da Workmedia (empresa proprietária do Meios&Publicidade), encara esta expansão como “natural” e aponta o know-how em informação especializada como uma mais-valia que será utilizada em “benefício de outras publicações”.
A Casa Index terá periodicidade mensal, tiragem de 20 mil exemplares e preço de capa de 3 euros. Será “a revista ideal para quem quer comprar casa”, garante Filipe Gil, que assegura a direcção do novo título, acumulando com a direcção do jornal Construir, pertencente ao mesmo grupo. Lisboa, Alcochete, Montijo e Almada são as cidades onde a publicação estará presente numa primeira fase, cobertura que poderá no futuro ser alargada a outras localidades. Informação sobre empreendimentos e casas novas e usadas, análise do crédito à habitação e dos seguros disponibilizados para a habitação e ainda uma avaliação dos empreendimentos, realizada pela redacção da revista, são os principais conteúdos incluídos em Casa Index. Para Margarida Magalhães, que assume a direcção comercial do título, a aposta tem por base a identificação de uma oportunidade de negócio, uma vez que não foi encontrado no mercado “nenhum produto que fornecesse este tipo de conteúdos de forma organizada”. A responsável garante que tem “boas expectativas” para o desempenho do título, embora se escuse a precisar números. O lançamento de Casa Índex, cujo projecto gráfico está a cargo de José Teixeira, será alvo de uma campanha publicitária presente nos meios do grupo e “num órgão de informação generalista”, adianta a responsável comercial. Não está ainda definido qual será a empresa encarregue da distribuição. No âmbito dos novos lançamentos, a empresa está a reforçar a equipa sendo que Hugo Lourenço, jornalista que transita do jornal Destak, assume o cargo de editor de Casa Index, não estando para já previsto o reforço com outros jornalistas. Quanto ao título dirigido aos profissionais do imobiliário, poderá surgir através da compra de uma publicação já existente, não estando por isso outros pormenores definidos.

Englobada na estratégia de crescimento do grupo está ainda, explica o administrador, a entrada num quinto sector de actividade (depois da comunicação, o turismo, a construção e o grande consumo) que será o das Tecnologias de Informação (TI). Também neste campo estão a desenrolar-se negociações com vista à aquisição de um título já existente. No total destes projectos, a Workmedia prevê investir perto de 1 milhão de euros, estando destinados 250 mil euros para o lançamento de Casa Index, 350 mil para a outra publicação na área do imobiliário e 300 mil para o título na área das TI.

Deixe aqui o seu comentário