‘Tens a mania que és co-piloto’ é o mote para apoiar Carlos Sousa

Por a 7 de Dezembro de 2007

galp-dakar.jpgA Galp Energia apresentou ontem a campanha de apoio a Carlos Sousa no âmbito da participação do piloto português no Rali Lisboa-Dakar 2008, que tem início em Portugal, no mês de Janeiro. “A Galp pretende manter o hábito de associação ao desporto automóvel que tem já há 14 anos”, disse ao M&P Isabel Caldo, directora de marketing da Galp Energia. O patrocínio “ao melhor piloto português começou em 1994”, disse ainda. A expectativa da marca, segundo Isabel Calado, é que Carlos Sousa suba ao pódio.
O conceito da campanha “Tens a mania que és co-piloto?” consiste em envolver directamente os portugueses no mundo do automobilismo, principalmente aqueles que se consideram condutores exemplares. Para tal a Proximity criou o site www.galprallysousa.com com um jogo de estratégia, composto por quatro provas com percursos semelhantes às competições todo-o-terreno. Cada jogador tem a possibilidade de ser o co-piloto do Carlos Sousa e, desta forma, mostrar as suas habilidades como co-piloto, dando indicações das mudanças, direcção e amplitude das curvas mais adequadas a cada percurso, ajudando o Carlos Sousa a subir ao pódio em primeiro lugar. Com esta promoção, a Galp Energia premeia não só os melhores co-pilotos, mas também os co-pilotos que trouxerem mais amigos para a prova, oferecendo uma verdadeira sessão de co-drive com o piloto português.
Televisão, rádio, imprensa e Internet foram os meios escolhidos para comunicar a campanha cuja criatividade é da BBDO. A campanha arrancou a 6 de Dezembro e “estará no ar durante uma semana com muita pressão”, disse Isabel Calado. Depois mantém-se com menor pressão em imprensa e em Janeiro, com o arranque do Lisboa-Dakar 2008, a Galp Energia reforça a comunicação, utilizando, a par dos meios referidos, os postos de abastecimento da marca. A campanha estará no ar até ao fim da competição a 20 de Janeiro.
Durante as várias etapas do Lisboa-Dakar 2008, a presença da Galp Energia vai estar visível na decoração do carro de competição, nos equipamentos e bonés dos pilotos e da equipa técnica e nas viaturas de assistência. Isabel Calado escusou-se a revelar o investimento que a campanha representará dizendo apenas que é um investimento pequeno quando comprado com campanhas como a do GalpMilhões.

Deixe aqui o seu comentário