Estudo da Deloitte revela as prendas preferidas dos portugueses

Por a 14 de Novembro de 2007

A maioria dos consumidores europeus vão retrair a sua despesa durante o próximo Natal para atenuarem os efeitos do aumento dos preços na alimentação e no sector da energia. Esta é a conclusão de um estudo da Deloitte, que dá conta que existirão dois tipos de consumidores na época natalícia que se avizinha.Nos países com uma conjuntura económica favorável, que são dez dos 20 países englobados neste estudo, os consumidores assumem que irão gastar mais dinheiro nesta época, registando um aumento médio que vai dos 2,6% aos 8,4%. Nos restantes países, muitos deles com taxas de crescimento reduzidas, o declínio no consumo vai situar-se nos 3,6%

Segundo o estudo, em Portugal a maior parcela do orçamento das famílias será empregue na compra de presentes, ainda que o seu peso relativo diminua face ao natal anterior. Neste âmbito, os portugueses adultos elegem os livros, o vestuário e o dinheiro como os presentes da sua preferência. Já os adolescentes deverão receber, na maioria, leitores de MP3 e telemóveis.

Deixe aqui o seu comentário