Marcas patrocinam Pro Evolution Soccer

Por a 31 de Outubro de 2007

As marcas nacionais que estão incluídas dentro do jogo Pro Evolution Soccer (PES) 2008 sob a forma de publicidade estática nos painéis em torno do relvado são Pizza Hut, Powerade, Sagres e SportZone, disse ao M&P Rui Videira, director de comunicação da Ecofilmes. A SportTV também está associada ao jogo através de uma parceria, a exemplo do ano transacto, referiu o mesmo responsável. A Vodafone é a única marca comum a todos os países. “O acordo com a Vodafone engloba, para além do patrocínio no jogo, a exclusividade por um mês do jogo PES 2008 para telemóveis”, especificou o director de comunicação da Ecofilmes.À excepção da SportTV todas as marcas são estreantes como patrocinadoras do PES. Segundo a Sagres esta será a primeira vez que uma marca de cervejas em Portugal aposta no patrocínio de jogos virtuais. Segundo fonte da Central de Cervejas esta é uma aposta numa nova forma de comunicação. A Sagres decidiu apostar no patrocínio do jogo pela “afinidade do target do jogo à nossa marca e abrangência de cerca de 100 mil utilizadores do jogo”, explica a mesma fonte. Com este apoio a marca reforça os valores de “portugalidade, espírito patriótico” e de união, associados ao futebol. Com a associação da Sagres ao futebol há uma “aproximação da marca ao target ligado com o futebol e ao target mais jovem”. A ligação entre esta cerveja e o futebol já é antiga, já que desde 1993 a Sagres é a patrocinadora oficial da Selecção Portuguesa.

Para a Sagres, este patrocínio representa uma revolução na forma como comunica com os seus consumidores, que tem vindo a seguir uma linha jovem, irreverente e moderna. “Estando sempre atenta às últimas tendências e tecnologias, a marca consegue manter a sua actualidade, reforçando o contacto com as camadas mais jovens da população”, refere a empresa.

Além de uma conferência de imprensa a comunicar este patrocínio, que se realizou ontem, “vamos ter acções nas lojas do off trade a promover o jogo na compra de cerveja Sagres”, explicou a fonte da Central de Cervejas.

A nova edição do jogo inclui acréscimos em termos de pormenores estéticos, modos de edição alargados, controlo e jogabilidade.

Rui Videira escusou-se a revelar os investimentos de cada uma das marcas.

Deixe aqui o seu comentário