Sangue rende grande prémio de promoções à TBWA Auckland

Por a 19 de Junho de 2007

A peça da OgilvyOne para a Catsan, único trabalho de uma agência portuguesa a chegar à shortlist da categoria de promoções, não conseguiu sair de Cannes premiada. O júri decidiu entregar apenas 20 promo lions, dos quais oito tiveram como destino a Austrália e a Nova Zelândia. Aliás, o grande prémio acabou por ir parar ao Bonded by Blood, da TBWA Auckland para a Adidas. Como explicou ontem o presidente do júri, Geraldo Azevedo da Neograma BBH, o trabalho “vencedor tinha uma ideia muito clara e que reflecte o ADN da marca. É uma peça de que todos nos sentimos orgulhosos por premiá-la”.
A peça não deixa de ser polémica já que se trata de uma acção que pretendia aproximar os fãs da equipa de rugby All Blacks. A Adidas, que patrocina o equipamento da equipa neozelandesa, misturou o sangue dos vários jogadores para imprimi-lo em posters entregues aos fãs que comprassem equipamento desportivo dos All Blacks. Ao todo foram distribuídos oito mil posteres, acompanhados pelo devido certificado de autenticidade. Geraldo Azevedo destacou ainda no grande prémio a “ligação emocional muito grande com a marca, ao mostrar os 22 jogadores dos All Blacks a dar o sangue pela equipa e por nós”. Portugal concorria nesta categoria com seis peças, concorrendo com 780 trabalhos de outros países.

Deixe aqui o seu comentário