Portugal falha em rádio

Por a 20 de Junho de 2007

Os spots Knife da Leo Burnett para a Generali e o PT Rap da Partners para a PT Prime não conseguiram sair da shortlist da competição de rádio. Os resultados guerrero.jpgforam anunciados ontem e colocaram a BBDO da Austrália em lugar de destaque ao conseguir levar o prémio principal. A BBDO de Melbourne ganhou por apenas um voto o grande prémio por um spot de dois minutos para a Snickers. O concorrente mais directo voltou a ser a campanha da cerveja Bud Light que nas últimas duas edições recebeu o grande prémio desta categoria. “Estamos bastante confortáveis com a escolha que fizemos”, adiantou ontem o presidente de júri, David Guerrero, presidente da BBDO Guerrero Filipinas (foto). “O que nos guiou foi a originalidade, simplicidade e surpresa. Não foram apenas as ideias brilhantes mas também a concretização” que definiram os spots vencedores. Com o número de entradas a registar um crescimento de 23% para as 1273 pelas, Guerrero comentou que “os trabalhos inscritos eram muito bons. Não havia nada que fosse realmente mau”.”Não há razões obscuras” para o desempenho do trabalho português, “apareceram trabalhos melhores”, explicou Jorge Teixeira, director criativo da DDB e jurado português na competição. O criativo apontou ainda a categoria de telecomunicações como a maior forte da competição, enquanto que a de bancos/área finanças “é interessante pela possibilidades para ganhar, porque os spots inscritos são muito sérios”.

Deixe aqui o seu comentário