Amizade com Sarkozy não beneficia Havas, diz Bolloré

Por a 22 de Junho de 2007

“É uma tradição da família receber os amigos”. Foi desta forma que Vicent Bolloréseguela bollore descreveu aos jornalistas o facto do novo presidente francês, Nicolas Sarkozy, ter descansado a bordo do seu barco após as eleições. O presidente da Havas, que detém entre outros activos a Euro RSCG e a Media Planning, rejeitava assim, após uma pergunta de um jornalista suíço, possíveis favorecimentos que o grupo francês poderia obter pelas boas relações que mantém com o presidente francês.

Num encontro com os jornalistas onde não tinha nada de novo para apresentar, Bolloré aproveitou para sublinhar a vertente familiar do grupo que dirige: “Esta é a sexta geração de uma família de industriais. Isso dá-nos tempo”. “A pressão nos resultados nos outros grupos é muito grande e quando os resultados são a prioridade podem ser cometidos vários erros”, completou. Já na área do digital, Bolloré não se mostrou preocupado com as compras que os outros grupos estão a realizar. “Pergunto se esta é uma boa oportunidade para fazê-lo. Nós temos o dinheiro, mas não temos pressa”, sublinhou.

Foto: Jacques Séguéla e Vicent Bolloré, em Cannes

Deixe aqui o seu comentário