Sol espera lucros entre os 250 e os 500 mil euros com coleccionável

Por a 18 de Maio de 2007

No dia 16 de Junho o semanário Sol vai publicar o primeiro fascículo do coleccionável José Hermano Saraiva – Álbum de Memórias, naquele que será o “grande lançamento do ano”, afirma ao M&P José António Saraiva, director do título. Para este projecto, o Sol investiu um valor “superior a um milhão de euros”, esperando obter lucros entre “os 250 e os 500 mil euros”, explica o responsável.

Cada volume da obra poderá ser adquirido por um valor entre os dois e os três euros (o preço final ainda não foi decidido) acrescidos ao preço de capa, sendo que o investimento colocado neste lançamento inclui uma “grande campanha” de divulgação, que será visível em mupies, televisão e rádio. Esta obra tem por objectivo “alavancar as vendas no Verão”, época sempre caracterizada por uma “quebra de vendas para os semanários”, e vai contar a vida do historiador José Hermano Saraiva.

Deixe aqui o seu comentário

Sol espera lucros entre os 250 e os 500 mil euros com coleccionável

Por a

No dia 16 de Junho o semanário Sol vai publicar o primeiro fascículo do coleccionável José Hermano Saraiva — Álbum de Memórias, naquele que será o «grande lançamento do ano», afirma ao M&P José António Saraiva, director do título. Para este projecto, o Sol investiu um valor «superior a um milhão de euros», esperando obter lucros entre «os 250 e os 500 mil euros», explica o responsável.

Cada volume da obra poderá ser adquirido por um valor entre os dois e os três euros (o preço final ainda não foi decidido) acrescidos ao preço de capa, sendo que o investimento colocado neste lançamento inclui uma «grande campanha» de divulgação, que será visível em muppies, televisão e rádio.

De recordar que o Sol 'assina' o seu cabeçalho com a afirmação «um jornal que vale por si. Este semanário não oferece brindes nem faz promoções». Questionado sobre a existência de algum tipo de contradição entre esta frase e este projecto, José António saraiva explicou na altura deste anúncio ao M&P que «não existe nada de contraditório». «O nosso programa de fundo, de facto, diz que não oferecemos brindes nem ofertas com o jornal», no entanto «este é um projecto editorial, feito totalmente no Sol, paginado e editado pelo jornal».

Esta obra tem por objectivo «alavancar as vendas no Verão», época que é sempre caracterizada por uma «quebra de vendas para os semanários», e vai contar a vida do historiador José Hermano Saraiva.

Deixe aqui o seu comentário