WOW promete um suporte novo por semestre

Por a 30 de Março de 2007

A WOW- Brand Impact apresentou esta semana aos jornalistas a montra electrónica, um suporte publicitário que integra a rede de meios que a empresa detém nos postos de abastecimento da BP. O novo suporte multimédia localiza-se nas vitrinas das lojas dos postos da BP. Segundo João Cunha, managing partner da WOW, a empresa participada pela Cunha Vaz & Associados “pretende introduzir um meio de impacto por semestre”. O próximo suporte a ser apresentado deverá “estar ligado a veículos motorizados”, adiantou o responsável.

A WOW está a testar vários formatos na BP desde Setembro. Segundo João Cunha, a rede da BP encontra-se em 112 postos, que representam 48 milhões de contactos por ano. A rede de mostras electrónicas é constituída por 105 posições, a de portas por 57, enquanto o canal BP Live ocupa 64 posições. Ainda nos postos BP, a empresa disponibiliza espaços como pinos nas entradas das lojas, espaços de floormedia e stoppers de mangueira. O projecto da BP representou um investimento de 140 mil euros, estando o previsto que o break even da WOW surja “a partir do sexto mês” de operações da empresa. A WOW, adiantou João Cunha, tem como missão “ser o principal produtor de impacto na Península Ibérica” até 2011, operando neste momento nas áreas de retail e de guerrilla marketing.

Cunha Vaz oficializa em Madrid

A Iberian Corporate Communications (ICC), empresa participada a 50% pela Cunha Vaz e em 50% pelo espanhol grupo Albión, vai ser oficialmente apresentada em Madrid no final do mês de Maio. De acordo com António Cunha Vaz, managing partner da Cunha Vaz & Associados, a agência, a funcionar desde Janeiro, está a organizar uma conferência que pretende “levar um grande orador português e um grande orador espanhol” que “estão ligados ás áreas financeira e institucional”. Aí, continua o responsável, serão conhecidos os clientes com quem a estrutura está a operar, adiantando que Plantronics, o grupo Amadeus e o braço espanhol da Caixa Geral estão entre os clientes trabalhados pela nova agência

Deixe aqui o seu comentário