Media Planning formaliza abertura da B6 em Portugal

Por a 7 de Junho de 2006

b6

O departamento Acções Especiais da Media Planning deu lugar á B6 Integrated Entertainment, rede internacional de agências especializadas em integração de conteúdos. Numa apresentação realizada ontem para produtores e jornalistas, Fernando Cruz, CEO do grupo Media Planning, adiantou que «não se trata de mudar o nome, mas de criar um projecto que assenta na produção de conteúdos». A B6, dirigida por Luísa Villar, pretende criar sinergias entre os conteúdos dos media e as marcas. «O consumidor está diferente e temos de apanhá-lo de forma diferente», justifica a responsável. «Há 10 anos apostámos no product placement. Agora é o momento de dar um passo em frente», adiantou Luísa Villar. A responsável relembrou quem 1998 a Media Planning entrou no product placement através da série Médico de Família. «As marcas apareciam no programa mas não interferiam com o guião ou o conteúdo». Depois as marcas começaram a integrar os conteúdos das televisões, «mas sem ferir o produto nem as séries». A etapa que se segue é a da co-criação de conteúdos, um conceito já posto em prática, por exemplo, com o Nescafé Lab. Este foi um programa produzido com a SIC Radical e com a participação de caras conhecidas do canal, e que chegou a ser o quarto programa mais visto da estação. Sem referir valores concretos sobre o peso desta área dentro do grupo Media Planning, Luísa Villar adiantou apenas que é «um negócio em franco crescimento». Miguel Soares, até aqui director-geral adjunto da Mandala, integrou a B6 para fazer a «ponte» entre as produtoras e as marcas. A rede está presente em sete mercados, incluindo EUA e Reino Unido.

Deixe aqui o seu comentário