Pingo Doce compara-se com Minipreço

Por a 6 de Janeiro de 2006

Começou esta quarta-feira, 4 de Janeiro, a mais recente campanha de publicidade do Pingo Doce, desenvolvida pela agência Isabel Afonso e Rui Botelho. O desafio para 2006 passa por posicionar o Pingo Doce como uma cadeia que tem preços tão baixos como os dos supermercados mais baratos.

Para a campanha, o formato proposto foi o do side by side, com comparação directa entre os preços Pingo Doce e os preços do Minipreço, em filmes de estrutura simples, na qual a mensagem é “objectiva, directa, factual e claramente visual”, explicou Isabel Afonso. A campanha de televisão é ainda apoiada por imprensa e material de comunicação em loja.

“Ainda não está fechado o número de filmes que terá a campanha”, explicou ao M&P Isabel Afonso. No dia 4 de Janeiro arrancaram quatro filmes com quatro duplas de clientes (homens e mulheres).

A campanha arrancou depois de campanhas como a das Receitas do Sítio do Costume e a de Testemunhos dos “Preços Sempre Baixos do Pingo Doce”. Em 2004 e 2005 o Pingo Doce comunicou as sucessivas descidas de preços e afirmou a nova política de preços estáveis e sem promoções.

Minipreço avalia resposta

Entretanto, o Minipreço está a avaliar qual será a resposta mais adequada a dar a esta campanha do Pingo Doce. “Parece-nos que o Pingo Doce nos elegeu como modelo, o que é natural já que somos vistos como os mais baratos do mercado”, explicou ao M&P Pedro Barbosa Viana, director de marketing do Minipreço. E acrescenta: “Comparar meia dúzia de preços é fácil. Até o supermercado mais caro do país o podia fazer, baixando o preço dos produtos a comparar.”

Deixe aqui o seu comentário