TicketBoy chega a Portugal

Por a 13 de Setembro de 2002

Com o início da actividade da TicketBoy em Portugal, os anunciantes nacionais passam a poder contar com mais um suporte publicitário: os parques de estacionamento

Apartir deste mês passa a ser ainda mais fácil anunciar em parques de estacionamento. Com a chegada da TicketBoy a Portugal, os anunciantes nacionais têm a oportunidade de apostar num novo suporte publicitário.

A empresa, que faz parte do grupo TicketBoy International — presente nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Holanda, entre outros países —, passa a disponibilizar novos suportes em mais de 65 parques de estacionamento espalhados por todo o país.

Destes, 21 são em parceria com a APS — Advertising Parking Solutions, que detém os direitos publicitários desses parques de estacionamento.

A nova forma de publicitar é fácil e não exige investimentos significativos na produção dos materiais. O conceito agora disponibilizado consiste apenas na utilização das barreiras e máquinas de controlo dos parques como meio publicitário, uma vez que nelas são aplicados autocolantes com a publicidade desejada.

Deste modo, e uma vez que os suportes utilizados já existem nos parques de estacionamento, a totalidade do investimento é canalizada para o aluguer do espaço e concepção dos autocolantes. A empresa é ainda responsável por toda a produção dos materiais e, caso os anunciantes assim o entendam, pelo design.

Segundo Mike Boogaard, director comercial da empresa, «os preços variam, porque são baseados na quantidade de visitantes por parque.

Em média, o preço é de 0,015 euros por visitante e inclui a colocação e remoção dos autocolantes». Os custos variam também no caso da produção dos autocolantes. Ainda segundo o responsável da TicketBoy Portugal, «estes podem ir dos 150 aos 250 euros por parque».

O processo, simples de aplicar, tem, segundo os responsáveis pela TicketBoy Portugal, resultados garantidos: ã cada mais difícil aos publicitários fazerem com que a mensagem chegue ao seu público-alvo de uma forma memorável e mensurável.

Esta solução é simples, custo-efectiva, inovadora e totalmente mensurável», explica Mike Boogaard. Na verdade, o facto de os anúncios estarem colocados nas barreiras e máquinas de acesso aos parques permite o controlo efectivo do número de visitantes (as máquinas registam, de forma independente, o número de entradas), além de que todos eles estão predispostos a “reparar” na mensagem publicitária.

Por outro lado, e uma vez que a TicketBoy Portugal dispõe de uma rede de mais de 65 parques em todo o país, é possível seleccionar o público-alvo a atingir: quer por localização geográfica (Norte, Sul, Litoral e Interior), quer tendo em conta a própria localização do parque de estacionamento dentro das localidades (centros comerciais, áreas de negócios, estações de comboios e terminais de autocarros, etntre outras).

Deixe aqui o seu comentário