Um Confort(o) com sex-appeal

Por a 1 de Fevereiro de 2002

Cinco campanhas temáticas associam Elsa Raposo á Confort Relax. O objectivo é potenciar uma imagem de juventude para a marca

Ao longo deste ano Elsa Raposo vai dar a cara por diversas acções de promoção aos produtos da Confort Relax. Ao todo são cinco campanhas temáticas que vão comunicar o mobiliário comercializado por esta marca. A primeira arranca já no dia 11, tem como pretexto o Dia do Pai e estará no ar até 23 de Março.

Seguem-se acções temáticas conotadas com o mês dos Noivos (em Maio), com o Mundial de Futebol (a ser comunicada em Junho), uma acção denominada Verão/Inverno (de Ju-lho a Setembro) e, finalmente, uma Outono /Inverno (de 7 de Outubro até ao final do ano).

«O layout utilizado nas diversas imagens será constante, mas o texto será diferente em cada anúncio. Além disso, cada uma das campanhas estará associada a uma peça de mobiliário, que possa ser ligada ao respectivo claim», explica Rita Rodrigues, gestora de conta da Companhia do Texto, a agência de comunicação responsável pelas campanhas.

A primeira imagem divulgada recorre a um sofá de sala, peça facilmente conotável com «o imaginário de um pai de família». As imagens serão veiculadas em imprensa e a acção estará também presente nos pontos de venda.

Ainda de acordo com Rita Rodrigues, «os principais objectivos

de comunicação prendem-se com a intenção de dar a conhecer a marca e potenciá-la no mercado de mobiliário de qualidade. Simultaneamente, pretende-se atrair os clientes aos pontos de venda, uma intenção que vai ser sustentada por uma gama variada de descontos em produtos de topo-de-gama».

A escolha de Elsa Raposo para protagonizar este projecto não é inocente. «Muitos dos que conhecem esta marca associamna a mobiliário para a terceira idade ou para quem necessite de produtos com uma ergonomia especial. Ora, como a Elsa Raposo possui uma imagem dinâmica e associada a um estilo de vida saudável, pensámos que seria uma boa forma de contrariar esse “preconceito”.

Afinal, um cliente jovem e com uma vida activa também pode — e deve —apreciar este tipo de produto», sintetiza. Um factor decisivo foi também «o facto de ser uma personalidade muito conhecida do grande público, cuja carreira tem sido um exemplo de sucesso, uma imagem adequada para comunicar um produto que se assume não só de qualidade, mas também com alguma classe», conclui a gestora de conta da Companhia do Texto.

Deixe aqui o seu comentário