TV Cabo e APAN assinam acordo

Por a 23 de Março de 2001

TV Cabo e APAN firmaram um protocolo para desenvolver acções de sensibilização e formação para a TV interactiva

Com o objectivo de fazer da televisão interactiva uma nova indústria foi assinado, no passado dia 20, um protocolo de colaboração entre a TV Cabo e a APAN (Associação Nacional de Anunciantes), tendo em vista o desenvolvimento de acções de sensibilização, bem como de acções de formação, para a TV digital interactiva.

Disponível a partir do segundo trimestre deste ano, a televisão interactiva poderá atingir 1,4 milhões de lares numa primeira fase. Para Álvaro Peixoto, administrador delegado da TV Cabo Interactiva, é necessário um forte investimento «numa política comercial agressiva que terá como objectivo a massificação». Desta forma, a TV Cabo está a desenvolver um conjunto de parcerias com diversos canais de televisão, agências de publicidade, conteúdos de multimédia e associações representativas de empresas na área de publicidade.

Segundo Francisco do Amaral, presidente da APAN, é necessária uma grande dose de «humildade para aprender a dar a mão a entidades em projectos que contribuam para o futuro da comunicação do país». A implementação da TV digital «será uma revolução em comunicação e publicidade que mudará o perfil do consumo de TV», conclui.

Segundo o presidente da APAN, é necessário que as agências de publicidade explorem esta vertente na televisão interactiva. Para facilitar esta tarefa, existem muitos projectos em curso para acções de formação, de forma a preparar o mercado para um novo conceito de publicidade e comunicação. A publicidade terá então de ser construída em moldes diferentes, cabendo ao consumidor a iniciativa de a ver e procurar, o que trará, obrigatoriamente, maior responsabilidade a quem a realiza.

A publicidade da TV interactiva estará assim associada a um serviço que tem a possibilidade de ser interactivo, através da venda imediata de um produto pelo televisor.

Deixe aqui o seu comentário