TMN regressa ao comando

Por a 16 de Março de 2001

A operadora móvel TMN reassume a liderança do ranking de eficácia publicitária e mantém o primeiro lugar das classes A, B e C1. A Skip continua a ser a preferida pelas classes C2 e D

A 41ª vaga, referente ao período de 5 a 9 de Março, fica marcada pelo regresso da operadora TMN ao comando do ranking geral de eficácia publicitária. A marca registou uma subida de 7,18%, tendo ascendido do segundo ao primeiro lugar da tabela. Na segunda posição está agora a Skip que, como consequência da variação negativa de 9,31%, perdeu a liderança da tabela. Telecel e Portugal Telecom mantêm as posições da vaga anterior, respectivamente terceiro e quarto lugar, mesmo tendo registado variações negativas na 41ª vaga. De destacar ainda a subida da promoção do concurso “Big Brother”, transmitido pela TVI, que passou do 20º para o sétimo lugar. À sua frente classificaram-se a Coca-Cola (quinta posição) e o Hipermercado Continente (sexta).

A operadora móvel TMN não só manteve a liderança na tabela referente ás classes A, B e C1 como reforçou o primeiro lugar, consequência directa da subida de 15,07%. Novidade na classe foi a subida da Telecel do terceiro para o segundo lugar, mesmo tendo obtido uma variação negativa de 3,62%. A operadora de telecomunicações móveis ultrapassou a Skip, que registou uma descida de 12,11%. Apesar de igualmente ter registado uma variação negativa de 13,80%, a Portugal Telecom manteve o quarto posto, á frente da Coca-Cola, que subiu nove posições e registou a maior subida da 41ª vaga: 56,98%. Na tabela há ainda a referir as entradas directas da Dodot, para a 14ª posição, e da Toyota, para o 30º lugar.

Na tabela referente ás classes C2 e D, poucas novidades há a assinalar, com excepção para a subida significativa da promoção ao “Big Brother”, que passou do décimo para o segundo posto (66,80%). Na frente da tabela continua a Skip, embora esta semana tenha registado uma variação negativa de 5,82%. Nivea (17º), Champõ Pantene (20º), Ford (26º), Panrico (28º) e fraldas Mon Bebé (30º lugar) protagonizaram as entradas directas da 41ª vaga.

O Índice/Consulmark

No índice de eficácia publicitária, não basta as campanhas serem recordadas espontaneamente e existir algum elemento de memorização. Outros factores são contemplados: a) a ordem de recordação; b) o número de meios; c) o número de horas frente á televisão, o facto de sair ou não da sala, ter ou não o hábito de fazer zapping.

Em termos de números, estamos a realizar cem entrevistas telefónicas por semana e os resultados apresentados são o acumulado de quatro semanas, ponderados, no entanto, em função da semana: os resultados da última semana “valem” obviamente mais do que os das semanas anteriores.

Deixe aqui o seu comentário